Uglich

Situada às margens do Volga, 92 km ao norte de Moscou, a lenda cita a fundação de Uglich em 937 por Yan Pleskovich, embora a primeira referência escrita da cidade data de 1148. Em 1238, foi devastada pela primeira vez pelos tártaros da Horda de Ouro, depois foi sucessivamente destruída e reconstruída várias vezes. A vila é famosa por ter sido o cenário da morte de Tsarevich Dimitri em 1591. Único descendente do czar Ivan, “o Terrível”, e, portanto, último herdeiro da dinastia Rurik. Boris Godunov, o favorito do czar, foi imediatamente acusado de homicídio, que marcou o início de um período sangrento da história da Rússia, o chamado “Tempo Tumultuoso”, cenário de guerras civis e lutas dinásticas. Uglich é uma das cidades do “Anel de Ouro” e apresenta  maravilhosos  exemplos da arquitetura tradicional russa.

Visita ao Kremlin de Uglich. O Kremlin (“fortaleza” em russo), localizado no Volga, é onde está concentrada a maioria dos monumentos da cidade. Suas muralhas foram destruídas há mais de um século, mas ainda é possível ver o fosso que as rodeava. Dentro do Kremlin poderemos ver as Câmaras do Príncipe, que são sua construção mais antiga, assim como a Catedral da Transfiguração, ricamente decorada no seu interior e um belíssimo campanário, o edifício Duma, e seu mais famoso construção: a Igreja de São Dimitri do Sangue Derramado.

Visita à Igreja de São Dimitri do Sangue Derramado, construída no mesmo local onde, segundo a lenda, caiu mortalmente ferido Tsarevich Dimitri. As paredes pintadas de vermelho evocam o sangue derramado. Dentro da igreja poderemos admirar o mais antigo ícone do iconostásio: a Virgem de Smolensk, do século XVII, oferecida pelos Romanov.