TRANSIBERIANO 

Boundless space, virgin nature – a mythic land

Quem já não sonhou, pelo menos uma vez na vida, fazer a viagem de trem pela rota Transiberiana? Esta jornada mítica está intimamente associada às aventuras de Michel Strogoff, o Mensageiro do Czar,  imortalizado por Júlio Verne. Ainda hoje, na era da tecnologia, a rota continua a ser uma aventura extraordinária.

Viagem através do tempo e do espaço e viagem interior, o Transiberiano é, há mais de um século, o símbolo do extremo: territórios inacessíveis, frio intenso, histórias trágicas… É também a viagem absoluta, uma travessia da metade da Terra onde, dia após dia, a paisagem aponta as mais belas cidades da Rússia, da Sibéria, da Mongólia, da China; os fusos horários se sucedem, as planícies se esticam até o infinito, as montanhas se elevam até um céu azul puro, os rios fluem numa cor safira e se abre aos olhos, a extraordinária beleza do Lago Baikal.