SÃO PETERSBURGO 4D / 3N

  • DIA 1 / DOMINGO: SÃO PETERSBURGO (CHEGADA)

    • Chegada a São Petersburgo
    • Translado ao hotel
    • Alojamento
  • DIA 2 / SEGUNDA-FEIRA: SÃO PETERSBURGO

    • Café da manhã no hotel
    • Visita panorâmica de São Petersburgo
    • Visita à Catedral Naval de São Nicolau
    • Pequeno passeio pelo bairro de Dostoiévski
    • Visita ao Mercado Kuznechny
    • Visita exterior à casa de Pedro, “o Grande”
    • Visita à Fortaleza de Pedro e Paulo
    • Almoço
    • Tempo livre
    • Jantar
  • DIA 3 / TERÇA-FEIRA: SÃO PETERSBURGO

    • Café da manhã no hotel
    • Manhã libre
    • Almoço
    • Visita ao Museu Hermitage
    • Jantar
  • DIA 4 / QUARTA-FEIRA: SÃO PETERSBURGO (SAÍDA)

    • Café da manhã no hotel
    • Traslado de saída para o aeroporto

DETAILED PROGRAM

DiA 1 / Domingo: São Petersburgo (CHEGADA)

Chegada a São Petersburgo.

Translado ao hotel.

Alojamento.

 

DiA 2 / Segunda-feira: São Petersburgo

Café da manhã no hotel.

Visita panorâmica de São Petersburgo. Janela da Rússia para a Europa, Veneza do Norte, Cidade-Museu… Seja qual for o título que se der, São Petersburgo é uma cidade que você precisa conhecer! Construída sobre água e lama em 1703 pelo Czar Pedro, “o Grande”, esta magnífica cidade Báltica cativa os visitantes. Suntuosos palácios, pontes elegantes e majestosos paredões de granito refletidos em seus rios e canais que cruzam as ruas. Sua beleza e riqueza deixam o viajante sem palavras.

Pedro, “o Grande”, queria que a Rússia recuperasse seu atraso em relação ao resto da Europa. Ele considerava seu país subdesenvolvido e achava que sua nobreza e suas instituições pertenciam ao passado. Assim, decidiu mudar a capital de Moscou e construir outra a partir do zero, mais perto do Norte da Europa, que tanto admirava. O local escolhido por ele parecia a escolha de um louco: um pântano no Grande Norte, um local infestado pela malária no verão e com um inverno rigorosíssimo. Milhares de trabalhadores foram forçados a trabalhar e morreram na construção da nova capital. Mas, apesar de todos os inconvenientes, ela cresceu rapidamente e logo se tornou um ímã para os arquitetos e artistas de toda a Europa, que construíram avenidas e parques, igrejas e palácios, canais e pontes, escolas, e uma universidade e Academia de Belas Artes, que embelezaram a cidade a limites inimagináveis. O luxo e a sofisticação técnica empregados na construção e a opulência da corte czarista, podem ser admiradas em muitos palácios, teatros, luxuosas e imponentes fachadas que adornam as largas avenidas, chamadas de “Perspectivas” (Prospekt). Os inúmeros canais, ilhas e pontes tiveram que ser construídos para drenar a terra e canalizar o poderoso Neva, dando à cidade um caráter único. São Petersburgo foi declarada Património Mundial pela UNESCO.

São Petersburgo foi a capital da Rússia por mais de dois séculos: de 1712 a 1918. Após a Revolução Russa, Moscou tornou-se novamente a capital e São Petersburgo começou um período de declínio. Os comunistas, inclusive, mudaram seu nome duas vezes: Petrogrado e Leningrado. No final do regime soviético, São Petersburgo recuperou seu nome histórico e depois de um intenso período de reconstrução e restauração, a cidade recuperou o esplendor e a glória de outrora.

Hoje São Petersburgo é uma cidade vibrante e dinâmica e, com seus 5 milhões de habitantes, é a quarta cidade da Europa. É também a cidade mais visitada na Rússia. Além de sua maravilhosa herança cultural, oferece aos visitantes uma impressionante gama de atividades durante todo o ano.

Visita totalmente guiada em português, entrando em contato com a cidade, seu centro histórico e seus principais monumentos. Poderemos apreciar a Avenida Nevsky, com seus edifícios de prestígio: Palácios Anitchkov, Stroganov e Belozersky, igrejas luteranas, Católica e Armênia, a Catedral Ortodoxa de Nossa Senhora de Kazan, edifícios Eliseev, Mertens e Singer… Atravessaremos o rio Fontanka, que cruza o centro da cidade, assim como o rio Moika e o canal Griboyedov. Sobre esse último, encontra-se a famosa Igreja de São Salvador sobre o Sangue Derramado, de inconfundível estilo russo, com suas cúpulas multicoloridas e douradas em forma de bulbo. O antigo Palácio de Inverno, imponente residência dos czares, transformado no Museu Hermitage, dominando desde sua fachada norte, o curso do majestoso Neva. Do outro lado do rio encontra-se a inconfundível silhueta da Fortaleza de Pedro e Paulo. Não muito longe está a Casa de Pedro, “o Grande”: desta modesta casa de madeira, o Czar acompanhava o desenvolvimento da construção de “sua” cidade, entre 1703 e 1708. Na Ilha Vassilievski encontram-se a Strelka, o Palácio Menshikov e o edifício histórico da Universidade. Passaremos em frente ao Ministério da Marinha, com sua imponente flecha dourada, símbolo da marinha russa, em que Pedro, “o Grande”, queria construir seu império. Veremos sua estátua em frente ao edifício do Senado e da Catedral de São Isaac, com suas enormes colunas de granito vermelho da Finlândia e a praça Teatralnaya, que abriga os edifícios do Conservatório e do famoso Teatro Mariinsky. Concluiremos o passeio em frente à bela Catedral Naval de São Nicholas, rodeada por canais.

Visita à Catedral Naval de São Nicolau. Este magnífico monumento do barroco russo, com suas espetaculares cúpulas douradas, foi erguido na época da fundação da cidade por Pedro, “o Grande”, que foi povoada principalmente por marinheiros, devido ao grande número de canais e sua proximidade com o porto da cidade. Mais tarde, foi instalado neste local o Regimento Naval da cidade. A igreja foi construída sob as ordens pessoais do príncipe Golitsyn, que a ofereceu à Imperatriz Elisaveta Petrovna para transformá-la no templo de São Nicolau dos Milagres – protetor dos marinheiros – em homenagem às conquistas da frota russa. A construção, liderada pelo arquiteto Chevalinsky, durou de 1753 a 1762. A catedral, na verdade, consiste de duas igrejas, cada uma localizada em andares diferentes: a igreja de São Nicolau, no piso inferior, e a Igreja da Epifânia no topo. Ambas ricamente decoradas com molduras e colunas coríntias. O conjunto é completo por uma bela torre. A combinação de cúpulas douradas, fachadas azuis e colunas brancas é de grande beleza.

Pequeno passeio pelo bairro de Dostoiévski. O escritor mundialmente famoso manteve uma estreita relação com a cidade de São Petersburgo, que ele amava, e onde passou a maior parte de sua vida. Visite seu bairro favorito, localizado no coração de São Petersburgo, onde, atrás das fachadas elegantes, viviam as pessoas de todas as classes e condições, personagens que refletiam a verdadeira Rússia, que ele gostava de chamar “Os verdadeiros Russos” e magistralmente refletiu em suas obras como “Crime e Castigo”, “O idiota” e outras. Passaremos pelas mesmas ruas onde andava o escritor, podendo admirar a fachada da casa onde ele morreu, agora convertida em museu, e visitar a Igreja de São Vladimir, onde ele frequentemente costumava rezar.

Visita ao Mercado Kuznechny. Localizado numa das áreas mais antigas de São Petersburgo, no bairro que leva o nome do escritor Dostoiévski, o Mercado foi construído no início do século XX. É um dos mais famosos da cidade, sendo, sem dúvida, o favorito da população. Não é o lugar mais barato, mas é o melhor abastecido. Lá poderemos encontrar os melhores produtos de toda a Rússia e de outros lugares do mundo: frutas e vegetais dos férteis oásis da Ásia Central, saborosos queijos caseiros, deliciosas nozes do Cáucaso, cogumelos e frutos dos bosques do Norte, peixes frescos dos rios russos e caviar… Os compradores podem provar os produtos: é a melhor garantia de qualidade!

Visita exterior à casa de Pedro, “o Grande”. Esta modesta casa de madeira construída em 1703, foi a primeira construção de São Petersburgo. Foi inspirada nas casas holandesas do século XVIII. Nela, Pedro, “o Grande”, acompanhava pessoalmente a construção de “sua” cidade, entre 1703 e 1708. A casa possui sala de estar, quarto e um escritório, no qual podemos apreciar a decoração de época e os objetos pessoais do Czar.

Visita à Fortaleza de Pedro e Paulo. Localizada numa pequena ilha em frente ao Palácio de Inverno, com vista para os três braços do Neva, a fortaleza foi projetada para proteger a cidade do ataque pelo mar. Os czares a utilizaram mais tarde como prisão política, aprisionando ali seus principais adversários, principalmente os intelectuais. Agora um museu, suas muralhas oferecem vistas inigualáveis ​​sobre a margem sul do rio Neva. De suas muralhas, todos os dias, um canhão dispara marcando o meio-dia. Uma pequena igreja de madeira, que se encontrava originalmente no seu interior, foi crescendo até tornar-se uma Catedral. Poderemos admirar nela o túmulo do fundador da cidade, o Czar Pedro, “o Grande”, bem como os túmulos dos czares da dinastia Romanov e suas famílias, incluindo Nicolau II e sua esposa e filhos, mortos durante a revolução em 1918. Seus corpos foram levados para a catedral em 1998.

Almoço.

Tempo livre.

Jantar.

 

DiA 3 / Terça-feira: São Petersburgo

Café da manhã no hotel.

Manhã libre.

Almoço.

Visita ao Museu Hermitage. O magnífico Museu Hermitage é a atração principal de São Petersburgo. Ele está localizado no Palácio de Inverno, antiga residência dos czares, e três outros edifícios adjacentes ao longo do Neva. O Hermitage é o maior museu da Rússia e um dos mais importantes do mundo. Foi fundado em 1764 por Catarina, “a Grande”, e foi enriquecendo, ao longo dos séculos, através da compra pelos czares de coleções completas no exterior. Hoje conta com mais de três milhões de obras de arte e possui coleções de uma riqueza inestimável: coleções de pintura e escultura, cristais e porcelanas, tapeçarias e joias, gravuras, antiguidades clássicas, armas, medalhas, moedas, livros valiosos… Deve seu renome internacional, especialmente por suas coleções de pinturas das escolas italiana e flamenca, francesa e espanhola. Em particular, obras-primas de Leonardo da Vinci, Rafael e Rembrandt; de impressionistas como Gauguin, Matisse, Van Gogh; gênios da pintura moderna, como Picasso… Seus interiores suntuosos, ricamente decorados pelos artistas mais talentosos, são um cenário maravilhoso para esta coleção única.

Jantar.

 

DiA 4 / Quarta-feira: São Petersburgo (saída)

Café da manhã no hotel (em função do horário do voo de regresso).

Traslado de saída para o aeroporto.

HOTELS

4*Sup. centro

  • Marriott
  • Radisson
  • Holiday Inn
  • Sokos
  • Vedensky
  • o similar