Irkutsk

Irkutsk é a cidade mais importante da Sibéria Oriental. Foi fundada em 1651 como um ponto de extração e comércio de ouro, e como um centro de cobrança de taxas na forma de peles para os Buryats que vivem na área. A cidade está situada às margens do rio Angara, que se origina 60 km ao leste, numa das maravilhas do mundo: o grande lago Baikal. Irkutsk foi o destino de milhares de exilados políticos no tempo dos czares. Estes deportados, geralmente membros da intelligentsia, possuíam um alto nível cultural e desfrutaram de uma educação de qualidade, dando uma grande contribuição para a vida pública e desenvolvimento da cidade de Irkutsk. A origem da população da cidade de Irkutsk é uma mistura eclética, como na maior parte da Sibéria, composta por cossacos, pioneiros, militares, caçadores, comerciantes ricos, missionários, prisioneiros, funcionários, exilados e cientistas. Hoje Irkutsk é um importante centro cultural, comercial e científico; uma cidade moderna e bonita, com belas avenidas sobre o Angara, teatros, museus e uma arquitetura tipicamente russa.

Passeio panorâmico por Irkutsk. Irkutsk é considerada, com justiça, uma cidade-museu, com mais de cem monumentos importantes. Em suas ruas mais importantes: Rua Karl Marx e Rua Lenin, a arquitetura em madeira original, que foi queimada num incêndio de grandes proporções em 1879, foi substituída por elegantes casas de tijolo e pedra, que foram inspiradas nas majestosas fachadas de São Petersburgo e Moscou. Muitos teatros estão na área, como o Teatro Dramático, ou o Teatro Musical. A Igreja do Salvador é o edifício de tijolo mais antigo da cidade; foi construída no século XVII. A Catedral Polonesa é o único edifício gótico da Sibéria. Esta igreja católica foi construída para a minoria polaca, constituída de inúmeros exilados políticos e seus descendentes. Outros edifícios religiosos de interesse são a Catedral da Epifânia e a Catedral da Santa Cruz. Passaremos pela Praça Kirov, onde o cossaco Pojabov construiu um forte pela primeira vez em 1661, e, em seguida, passearemos pelo calçadão ao longo do rio Angara: o Boulevard Gagarin é o melhor lugar para caminhar, com os seus muitos cafés e terraços ao ar livre. Em seguida, visitaremos a animada Rua Uritskogo e o vizinho Mercado Central, também chamado aqui de bazar, com balcões cheios de peixes frescos das águas limpas do Baikal. Após a turbulência do mercado, começa um dos bairros mais tranquilos da cidade: Irkutsk é famoso por sua arquitetura russa e, particularmente, por suas tradicionais casas russas de madeira, com janelas, portas e beirais delicadamente esculpidos e pintados, que se encontram por toda a cidade, mas especialmente nesta área. Passaremos um tempo no bairro de Irkutskaya Sloboda, uma área recentemente renovada, que inclui dezenas de jóias arquitetônicas em madeira.

Visita ao Convento Znamensky. Fundado em 1693, é um dos mosteiros mais antigos da Sibéria. A arquitetura do convento é inspirada nas construções medievais russas, incorporando também elementos do “Barroco Siberiano”. Seu interior é ricamente decorado, especialmente seu famoso iconostásio barroco esculpido, com ícones em antigas e belíssimas molduras de prata. Há uma necrópole no território do mosteiro, onde repousam os restos de Grigory Shelejov, fundador da Companhia Russo-Americana, e criador do primeiro assentamento permanente da Rússia, no Alasca. Ao lado do mosteiro veremos o monumento a Alexander Kolchak, um almirante russo e um dos líderes do Exército Branco durante a Guerra Civil Russa, que foi baleado pelos Bolcheviques nas paredes deste mosteiro em 1920.

Visita ao Museu dos Decembristas. Em 01 de dezembro de 1925 morreu o czar Alexandre I. Durante o seu reinado, Napoleão e as idéias liberais da Revolução Francesa foram derrotados militarmente, mas o sentimento liberal havia penetrado na Rússia, onde muitas pessoas de diferentes classes sociais começaram a exigir a reforma política. Um grupo de descontentes começou uma insurreição armada em São Petersburgo, então capital da Rússia, contra a coroação de Nicolau I, sucessor de Alexandre. Criticaram seu conservadorismo, recusaram jurar lealdade a ele e apelaram pela abolição da escravatura. A revolta foi reprimida com grande violência, e muitos dos participantes foram condenados a longas penas de exílio na Sibéria, junto com suas esposas. Como eram provenientes de classes cultas da população, contribuíram muito para o desenvolvimento de Irkutsk e pela difusão de idéias liberais e reformistas na Sibéria. O museu abriga as mansões de dois dos Decembristas: o príncipe Volkonsky e o Trubetskoy, e as coleções incluem objetos pessoais, documentos e mobiliário.

Visita ao museu etnográfico de Taltsy. Localizado entre Irkutsk e o Lago Baikal, a aldeia de Taltsy está a 47 km ao sudeste de Irkutsk. O museu de arquitetura em madeira ao ar livre reuniu importantes edifícios de arquitetura religiosa, civil e militar da região, do século XVII ao século XX. Entre os mais notáveis, encontram-se a Torre Spaskaya de Ostrog (forte) de Ilimsk (1667) e a Capela de Nossa Senhora de Kazan (1669), que ainda funciona como uma igreja. Veremos também inúmeras coleções etnográficas, exemplos únicos da cultura dos povos russo, buriato, evenko e tofalar.